Senhoras da nossa idade

Um blogue quadrangulado entre Lisboa, Coimbra, Porto e S. Paulo

Te convido a pasear

1 Comentário

Nem de propósito, Mariana: olha lá se isto não é a tua cara (e de toda a tua família, pelos vistos…) Uma maneira maravilhosa de assinalarem este período da vossa vida em Madrid!

É espetacular, não é? As novas tecnologias a imprimir novo fôlego às velhinhas obras literárias… e tudo está bem.

A mim, esta iniciativa já me fez ir buscar o Dom Quixote à prateleira, uma edição belíssima, em português, traduzida por Miguel Serras Pereira, com ilustrações de Dalí (da Dom Quixote). Folheei e acabei por encontrar um trecho que poderia muito bem ler, se o meu castelhano estivesse à altura da ocasião:

«Atrevi-me, enfim; fiz o que pude, derrubaram-me, e, ainda que haja perdido a honra, não perdi nem posso perder a virtude de cumprir minha palavra. Quando era cavaleiro andante, atrevido e valente, com minhas obras e minhas mãos acreditava meus feitos; e agora, que sou escudeiro pedestre, acreditarei minhas palavras cumprindo a que dei de minha promessa.»

Nobre Quixote! Soará, de certeza, ainda melhor no original.

Aproveito o pretexto para homenagear esta sublime língua, mãe de línguas, perfeita para ser ouvida. Aqui, na voz de um cubano que me canta à alma:

«Por eso hoy
gentilmente te convido a pasear
por el patio hasta el florido pabellón
de aquel árbol que plantaron los abuelos»

Autor: Marta

"Escrevo para pensar melhor."

One thought on “Te convido a pasear

  1. Fantastico! Que vontade que da de ler o quijote!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s