Senhoras da nossa idade

Um blogue quadrangulado entre Lisboa, Coimbra, Porto e S. Paulo

How do you find a word that means Maria?

1 Comentário

Curie-nobel-portrait-2-600

Querida Mariana,

navegamos em marés agitadas (sempre, não te parece?) e falta-nos o pé para pararmos por aqui, por entre as idas e as vindas. Antes que navegues pelo Atlântico afora, espero que consigamos recuperar este nosso hábito.

Hoje completam-se 144 anos sobre o nascimento, em Varsóvia, da cientista, tecnologista, proto-feminista, super estrela Marya Salomée Sklodowska. Quando chegou à nossa idade, esta senhora, que então passara a chamar-se Marie Curie, já tinha recebido o primeiro de dois prémios Nobel.

Aconselho-te um clássico de Hollywood de 1943, que o American Film Institute incluiu no seu documentário televisivo “AFI’s 100 years… 100 Cheers”, uma seleção dos seus 100 filmes mais inspiradores de todos os tempos. Inspirado na biografia escrita pela filha mais nova de Marie e Pierre Curie, Éve, “Madame Curie” é um daqueles filmes que apetece ver no escuro, com a lareira acesa e uma manta sobre os joelhos. E depois, quando acaba, apetece acender as luzes, pegar nas nossas melhores capacidades e construir qualquer coisa em prol do bem comum.

Beijinhos

Marta

Autor: Marta

"Escrevo para pensar melhor."

One thought on “How do you find a word that means Maria?

  1. Marta,eu sempre gostei muito de ler biografias,como o meu pai,e apropriei-me de uma colecção antiga chamada ” Vidas de grandes…Cientistas,Mulheres,etc “.Os autores são Henry Thomas e Dana Lee Thomas,edições Livros do Brasil.,cada livro custava 560 escudos !!!No livro dedicado às vidas de grandes cientistas está lá a Madame Curie,a par de Lavoisier,Pasteur,Mendel,entre outros.O mais engraçado é que nunca esqueci a história da Madame Curie,devo ter lido este livro quando tinha uns 10 ,12 anos e depois de ver o teu post peguei novamente nele,e olha lá esta passagem :”Durante quatro anos,vivia uma vida de monge.Vivia só,para não ser pesada à irmã.Alugara uma água-furtada num sexto andar do Quartier Latin.O aposento recebia luz unicamente por uma estreita abertura no tecto inclinado.Não tinha água,nem aquecimento.Ali,naquela mansarda,vivia ela de uma dieta de pão,manteiga e chá-só raras vezes se permitia o luxo de comer um ovo ou fruta.No Inverno,atirava um punhado de carvão para uma estufa pequeníssima e ficava a resolver as suas equações com os dedos entorpecidos até muito tempo depois de o lume estar apagado.”Grande Mulher que dizia ” Os sonhadores não merecem a riqueza porque não a desejam”,mas ela merecia mais.beijinhosSusana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s