Senhoras da nossa idade

Um blogue quadrangulado entre Lisboa, Coimbra, Porto e S. Paulo

Estas palavras serão o espelho do teu rosto

9 comentários

Pai

 

Estas palavras serão o espelho do teu rosto

 

Queridas Senhoras, ando a ler o Abraço do José Luís Peixoto (JLP) que é sobre a vida dele e a nossa. Não quero parecer lamechas mas nem vos digo a choraminguice… O livro está organizado em capítulos que são textos soltos, pedaços de histórias, memórias, invenções, desejos. Não são poucos os que me emocionam a ponto de passar vergonhas no comboio.

(Aliás, isto começou quando assisti, completamente por acaso, à apresentação do livro na Fnac de Santa Catarina. Calhou o JLP estar lá no fim-de-semana em que fui ao Porto. Vi o cartaz, entrei e daí a pouco já estava com o lábio a tremer ao ouvi-lo ler, com aquela leve pronúncia alentejana, sobre a vez em que se perdeu da mãe quando era pequenino ou sobre as três Alziras – a mãe, a madrinha e A irmã – ou sobre os nomes da gente das Galveias. Acho que há uma palavra para estas coisas que ele escreve mas não sei se é bonita: pungente.)

A família e as relações afectivas são um tema fortíssimo em JLP. A Mãe, o Pai, os filhos, as irmãs, são assunto de muitos dos textos de Abraço.

Do texto intitulado “Pai e Filho”, dedico este excerto a todos os pais mas em especial ao meu Pai, aos meus avôs e ao pai dos meus filhos.

"De mim, espera amor e espera uma pessoa. Como as pessoas, às vezes, engano-me, não sei respostas, tenho medo, tenho frio, minto, faço coisas feias, desisto, escondo-me e fujo. Eu compreendo que tu irás enganar-te muitas vezes, não saberás respostas, terás medo, terás frio, mentirás, farás coisas feias, desistirás, esconder-te-ás e, quando todos te procurarem, terás fugido. Eu compreendo-te. Segurei-te ao colo, entrei no teu olhar. Foi há menos de uma hora. Passei-te os dedos pelas faces, tentando imaginar a forma como o teu rosto vai crescer. Estas palavras serão o espelho do teu rosto. O teu rosto ficará parado sobre elas. Gostava que soubesses que, hoje, quis tanto ver esse teu rosto que lê. Se puderes, passa agora os dedos pelas tuas faces. Talvez no dia em que leres estas linhas tenhamos deixado crescer entre nós o pudor de nos tocarmos com afecto simples e puro. Pai e filho. Por isso, passa os dedos pelas faces para sentires aquilo que sentiste hoje, duas semanas de vida, pequenino e amado. Ou então, chama-me para junto de ti. Na outra ponta destas palavras, serei outro. Terá passado tempo que, agora, não posso imaginar. (…) Chama-me para junto de ti. Mostra-me estas palavras que escrevi hoje e pede-me para te passar os dedos pelas faces com o mesmo carinho e com a mesma ternura com que hoje toquei os teus contornos de menino. Tenho a certeza que não terei esquecido. Por mais que aconteça entre hoje e esse dia, por mais mortes e terramotos, tenho a certeza que não terei esquecido. E obriga-me a jurar que nunca deixaremos crescer entre nós um pudor que impeça de nos abraçarmos, de nos beijarmos, de passarmos os dedos pelas faces um do outro. Pai e filho. Eu sou o teu pai. Tu és o meu filho.
 

In Abraço, José Luís Peixoto
 

Um Feliz Dia do Pai.

Abraço ,

Céu

Autor: Céu

Que vivas tempos interessantes!

9 thoughts on “Estas palavras serão o espelho do teu rosto

  1. Ó Céu, minha querida Céu, também tu vais publicar o teu “Abraço” um dia – uma compilação dos belíssimos posts que escreves aqui e em que os laços familiares, o amor familiar, a ternura familiar ganham contornos tão reais, tão palpáveis, que é impossível não nos emocionarmos. Ler estes teus post faz-me voar até aos momentos mais aconchegantes da minha infância, ao tempo em que “eu era feliz e ninguém estava morto”, como no poema que tu tão bem conheces pela voz do teu pai. E isso, minha querida Céu, é magia. És a minha fada Sininho :)Neste dia, homenageio o meu avô Filipe, de quem sinto saudades todos os dias, há 27 anos, e o Gonçalo, o pai do meu filho, que reconstrói em mim, todos os dias, uma fé que eu julgava irremediavelmente perdida.Feliz Dia do Pai a todos! Um beijinho especial para o Zé da Céu, para o Pedro da Mariana e para o Sérgio da Susana. Os nossos filhos têm pais maravilhosos, não têm, Senhoras?

  2. agora com o link certo…http://youtu.be/-7JVxE2SYxo

  3. Queridas Senhoras, Linda CéuObrigada a todas. Querido Pai, um oceano entre nós nao é nada…sinto que o pai está comigo aqui, a passar-me a mao pelo cabelo, a rir-se comigo das graças dos miúdos, e a descobrir esta país e a partilhar desta aventura connosco. Consigo aprendemos que a novidade, a mudança e a vida sao “nossas” e devemos ser nós mesmos a guiar o nosso destino e nao deixar-nos ser guiados. Quando me encontro em situações difíceis e extremas, em que as duas possíveis reacções sao rir, ou chorar…. lembro-me de si, das suas gargalhadas, da sua garra e sentido de humor e só me resta rir:))Um feliz dia do pai para todos, e um beijo muito grande para o meu pai, prestes a embarcar numa nova aventura, e mais uma vez, a mostrar-nos que a vida é uma boa caixa de surpresas.bjsMarianaPS – Querida Céu, ainda ontem me lembrei do teu texto sobre os teus avós… estou com a Marta, um dia espero ler o teu livro de “Abraços” e estarei na primeira fila para assistir à apresentação:))<iframe allowfullscreen=”true” src=”http://www.youtube.com/embed/-7JVxE2SYxo” height=”315″ width=”420″></iframe>

  4. Muito obrigada minhas queridas!”Eu era feliz e ninguém estava morto” é um dos meus versos preferidos. Remete-me de imediato para um universo mítico de infância, os “serões de meia província” da Aldeia Viçosa que hoje me dão esta nostalgia que se vê . Avô Filipe, Avô Nino, Papa Zé… o que importa é a father figure. Mariana, adorei a mensagem para o teu pai, que família de aventureiros!Muitos beijos para vocês

  5. São maravilhosas as coincidências ! Ontem o Camara Clara comemorou 6 anos e o programa foi dedicado à poesia.Um dos poemas ditos foi “O Aniversário”.Fiquei encantada a ouvir a Germana Tanger,sem livro nas mãos,a dizer a história como se fosse a dela..Espreitem aqui:http://camaraclara.rtp.pt/#/arquivo/247E hoje que foi dia do Pai,deixo aqui uma das músicas que sei que ele gosta,http://youtu.be/UCmUhYSr-e4Boas noites caras Senhoras

  6. E esqueci-me de dizer que também fiz um pin super especial para o meu pai,utilizando duas das suas expressões mais caracteristicas ,aqui vão ,sem rir !!: ” estás-te a candidatar a um balde de plástico” e ” calmante de cinco dedos “Não é um Speak Porto,é mais um Speak Pai Catarino !!

  7. Bom dia! onde podemos ver esse pin para o pai Catarino??

  8. Eu envio-te por mail !!!!

  9. Hey! Também quero!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s