Senhoras da nossa idade

Um blogue quadrangulado entre Lisboa, Coimbra, Porto e S. Paulo

As janelas dos outros

2 comentários

Queridas Senhoras,

Chove copiosamente e a corrida matinal ficou cancelada. Está um dia lindo para ir ao cinema e o que me apetecia era ver sessões do Indie de enfiada.
No domingo tive o privilégio de ver a antestreia do belíssimo Em Segunda Mão, de Catarina Ruivo. Passa hoje outra vez às 14h30, no Londres.

Por vezes olhamos através das janelas para as vidas dos outros e imaginamos que ali seríamos felizes. Entretanto, alguém olha para a nossa própria janela e pensa o mesmo. E se fosse possível trocar? Encontraríamos a felicidade? Ou começaríamos tudo de novo, a procurar novas janelas?

O filme é sobre um homem que deseja ser outro e passa para lá da janela. E mais não conto.

Foi também a última película protagonizada pelo actor Pedro Hestnes, desaparecido o ano passado.

O poema que está na página do filme, ilustrado pela imagem acima, é também belíssimo e adequado ao dia de hoje.

Il pleure dans mon coeur
Comme il pleut sur la ville ;
Quelle est cette langueur
Qui pénètre mon coeur ?

Ô bruit doux de la pluie
Par terre et sur les toits !
Pour un coeur qui s’ennuie,
Ô le chant de la pluie !

Il pleure sans raison
Dans ce coeur qui s’écoeure.
Quoi ! nulle trahison ?…
Ce deuil est sans raison.

C’est bien la pire peine
De ne savoir pourquoi
Sans amour et sans haine
Mon coeur a tant de peine !

Paul Verlaine

Deixo-vos um clip do filme:

video.php?v=3526021642090

Beijinhos e um bom 1º de Maio, senhoras trabalhadoras!

Céu

Autor: Céu

Que vivas tempos interessantes!

2 thoughts on “As janelas dos outros

  1. Obrigada, Céu, pelo clip fiquei com vontade de ver. É interessante esta questão das vidas dos outros, somos levados a acreditar na perfeição das aparências, não é? A mim as famílias dos outros sempre me pareceram perfeitas (e invejáveis).

  2. O filme retrata isso na perfeição, pedaços idealizados da vida dos outros, vislumbres de felicidade perfeita que podem ser bastante enganadoras. Fiquei rendida, colada com ao ecrã.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s