Senhoras da nossa idade

Um blogue quadrangulado entre Lisboa, Coimbra, Porto e S. Paulo

Postal de férias II – O carrossel

3 comentários

Queridas Senhoras,

As idas ao carrossel são um dos pontos altos dos dias de férias. Muito mais do que descobrir praias, terras e paisagens, do que os meninos mais gostam é destas coisas: brincar na rua, andar de bicicleta, ir ao carrossel.

Desde pequeninos, com menos de 1 ano, que a Alice e o João correm para o  carrossel que, ali bem no centro de Lagos, chama as crianças com a sua melodia característica.

O meu sobrinho Gustavo, este ano, ainda não vai andar no carrossel, é muito pequeno para isso. Mas para o ano, aposto que esta foto já vai ter mais um menino. O Gusta vai começar pelo cisne, os pequeninos começam sempre pelo cisne, é mais protegido e fica mais em baixo. Ou talvez andem os três no elefante que tem uma porta que se fecha e tudo, os primos seguram o Gusta.

Amanhã, a minha avó, que também era Gusta (Augusta), a vó Gusta, faria 84 anos. No Verão, costumávamos mandar-lhe um postal de Lagos, a contar as aventuras da Alice. Das do mano já não chegou a saber, ela deixou-nos no primeiro verão do João em Lagos. Também não chegou a saber que o Gusta ia existir, que se ia chamar Gusta como ela, a vó Gusta.

A avó que nos dizia, a mim e à minha irmã, com muita graça, antes de termos filhos: “Ah, não queiras, deixa-te estar assim”; e depois de a Alice nascer, dizia-me: “Não queiras mais, deixa-te estar assim”. Na ideia dela, quereria poupar-nos, talvez, aos trabalhos e complicações.

Mas como ela gostava de roubar beijos à Alice, que se fazia esquiva; vê-la pequenina, no chão da sala dela (aquelas salas das casas das avós, muito arrumadas, os bibelôs, o naperon, a mesa de vidro, o soalho de madeira velha que estala quando o pisamos, o lustre que abana no tecto), e a Alice pequenina a desarrumar tudo. E a vó Gusta a adorar. E depois, mais tarde, ainda teve o João sentado do colo dela.

O Gusta, o Gustavinho, é que já não conheceste, avó. Para o ano vão andar os três no carrossel. Os primos, os nossos filhos (que afinal quisemos e tivemos), os teus três bisnetos.

A vida é um carrossel mágico, não é?

Beijinhos a todas,

Céu

Autor: Céu

Que vivas tempos interessantes!

3 thoughts on “Postal de férias II – O carrossel

  1. Não se pode ficar indiferente a este artigo, muito menos, quem como eu conheço de muito perto a avó Gusta. Doce, meiga, amiga do seu amigo, muito companheira para as amigas da Nanda, uns dias com mais paciência, outros menos, mas sempre pronta a ajudar quem dela precisasse. Como tenho saudades desse tempo! Tantas que não consegui privar-me da lágrima no canto do olho!!
    Escolher para o Gustavinho o diminutivo de “Gusta” é demonstrativo de uma sensibilidade e riqueza interior que só quem já perdeu alguém a quem muito queria consegue perceber. Parabéns Céu! ès Linda!!!!

  2. Olá São! Muito obrigada pelas suas palavras tão bonitas e carinhosas🙂 um grande beijinho

  3. Maria do Céu, tu dás cabo de nós! Que maravilha de postal (até já me vieram falar dele aqui em S. Pedro…)
    Como já te disse, espero vir a ter um dia uma neta como tu🙂
    Um abraço apertadinho
    Marta

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s