Senhoras da nossa idade

Um blogue quadrangulado entre Lisboa, Coimbra, Porto e S. Paulo

Mamã querida, mudei o quarto!

Deixe um comentário

Como foi o vosso regresso a casa, Senhoras?

É engraçado como, por mais que nos apeteça que as férias não acabem nunca, o regresso a casa sabe sempre tão bem. Voltámos na quarta-feira à noite e o ‘regresso às aulas’ do Francisco tinha mesmo que ser na quinta-feira, o que eu receava fosse um pouco abrupto.

Mas quando lá chegámos tivemos uma surpresa maravilhosa: o Pedro, o melhor amigo do Francisco, estava lá!!! Era suposto ele ter entrado para a ‘pré’ este ano, mas entretanto os pais mudaram de ideias. Eu nem queria acreditar. Saí da creche com um sorriso colado à cara e depois pude confirmar, com os pais do Pedro, que eles vão, de facto, andar a par daqui para a frente. Eles são tão amigos, queria só que vocês vissem a alegria do reencontro!

Bem, mas o Francisco está bem consciente de que este é o seu ‘senior year’ na creche e, por isso, quis fazer algumas mudanças que reflectissem a sua maturidade.

– Mãe, já não quero dormir na cama de bebé.

– Está bem, então vamos pensar numa cama de crescido para ti.

– Não é preciso, mamã. Eu tive uma ideia😉

Primeiro, desaparafuso aqui.

Cama desmontada!

Lembras-te do tapete fofinho de quando eu era bebé? Ora bem, 1, 2, 3, 4…

Estás a ver, mãe? Aquele é o estrado da minha cama de bebé. E, na parede, está um colchão de viagem. Já consegues adivinhar o que estou a fazer?

Agora, o colchão.

Atenção, atenção, estamos em fase de testes.

Olha, mamã, consigo levantar-me sozinho!

Ah, agora está muito melhor! Aquele lençol do primo Gonçalo fica mesmo bem aqui! Já viste, mamã? Tem girafas, elefantes, zebras, macacos, abelhas…

Agora preciso de silêncio para testar a cama nova com mais, digamos, precisão. Até daqui a três horas, mamã…

Tenho a reportar que não houve incidentes durante a sesta. Durante a noite, o Francisco acordou algumas vezes, mas de manhã levantou-se sozinho. Acho que já está habituado à sua cama de crescido.

PS1: A ideia não foi inteiramente do Francisco, há que confessar. Parte dela nasceu aqui.

PS2: O que despoletou a mudança do quarto foi o calor que encontrámos em Coimbra. Livra! Depois de vinte dias a respirar iodo e pinho, já não me lembrava de quão sufocante esta cidade é no verão. É, literalmente, irrespirável.

Bom domingo a todas

Bjs

Marta

Autor: Marta

"Escrevo para pensar melhor."

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s